Novas do Gil
Pesquisa

NOTÍCIAS DO BURGO (2)
Por Carla Manuela Mendes (Professora), em 2018/12/1623 leram | 0 comentários | 2 gostam
Guimarães além de cidade-berço, vai ser Cidade Natal entre o início de dezembro e a primeira semana de janeiro de 2019.
GUIMARÃES CIDADE NATAL

Guimarães além de cidade-berço, vai ser Cidade Natal entre o início de dezembro e a primeira semana de janeiro de 2019.
De facto, neste mês de dezembro e prolongando-se até aos Reis, já em 2019, a cidade vai vivenciar a época natalícia de forma diferente, bem como comemorar o 17º. Aniversário da inclusão do Centro Histórico na lista do Património Mundial da UNESCO. Um vasto programa que será ainda extensivo à passagem de ano e às habituais Reisadas.
 
Deste modo, já no início de dezembro decorre no jardim da Alameda um Mercado de Natal, com várias barraquinhas de venda e divulgação de produtos. Em simultâneo, ocorrerá um espetáculo de som e luz e serão ainda ligadas as iluminações e a Árvore de Natal erigida no Toural. Além disso, música ambiente, teatro itinerante, espetáculos musicais e teatrais diversos terão também lugar no coreto do jardim, não faltando sequer um comboio infantil para os mais pequenos. Entretanto, para os mais velhos, está também previsto no dia 11 de dezembro, entre as 14,30 e as 17 horas, a usual Festa de Natal das IPSS da terceira idade e projetos sociais, que decorrerá no Multiusos.
Igualmente e tal como em anos anteriores, realizar-se-ão os habituais Concertos de Natal, nas igrejas da cidade, durante várias noites, geralmente com prata da casa: Pedro Emanuel Pereira, que apresentará o seu primeiro disco (dia 13); o Quarteto Accompagnato (dia 15); o Quinteto de Metais da Sociedade Musical de Pevidém (dia 20) .
Pograma musical que será complementado com a inserção do 5º. Festival Internacional de Guitarra de Guimarães, cujas cordas gemerão na Câmara Municipal, entre 18 e 30 de dezembro.

No entanto, após esta abertura natalícia, o programa lúdico e cultural integra ainda as Comemorações do Património, a propósito do 17º. aniversário da proclamação do Centro Histórico na lista do Património Mundial da UNESCO. Assim, no dia 13 de dezembro, proceder-se-á à entrega dos trabalhos referentes ao património “A minha turma adota um monumento”, atividade que envolve as escolas dos agrupamentos Virgínia de Moura e Fernando Távora, e que serão apresentados na Câmara Municipal (10,30 horas). Por sua vez, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (16 horas) será apresentado o Estudo Antropológico das Festas Nicolinas, cuja candidatura a património imaterial da humanidade está na calha há vários anos, conjuntamente com as passarinhas e sardões da romaria de Santa Luzia, que ocorre no mesmo dia. Paralelamente, realizar-se-á a denominada Corrida do Património, que terá partida na Praça de S. Tiago, pelas 21 horas.

Outro pilar programático passa também pela Passagem de Ano. Assim, para além exibição de música eletrónica (“The Amazing Mapping Collection”) no Largo da Oliveira e Praça de S. Tiago (23 horas), destacam-se simultaneamente as atuações de DJ’s Galgo, Throes and the Shine e Xinobi, no palco da Plataforma das Artes e Criatividade. A complementar, a Orquestra de Guimarães oferecerá no primeiro dia do novo ano, no grande auditório do Centro Cultural Vila Flor (17 horas), o costumeiro Concerto de Ano Novo, que contará com a presença da soprano vimaranense Elisabete Matos.
A fechar o programa, a iniciativa “Vamos Cantar as Janeiras”, no dia 8 de janeiro, no Largo da Oliveira (17 horas), que será antecedido do Encontro de Reis a ter lugar no Multiusos (14,30 às 17 horas).

LIGA DAS NAÇÕES EM GUIMARÃES
Os estádios do Dragão, no Porto e o D. Afonso Henriques, em Guimarães, dividem entre si os jogos de futebol da Final Four da Liga das Nações da Liga A, para os quais estão apuradas as seleções de Portugal, Inglaterra, Suíça e a Holanda.
Os jogos desta Final Four decorrerão entre os dias 5 a 9 de junho próximos, pelo que Guimarães irá receber duas destas quatro seleções apuradas e deste modo reviver o Europeu de 2004, uma vez que cá se disputou, em 14 de Junho de 2004, o encontro Itália-Dinamarca.

VIMARANENSE VENCE EMMY DA NOVELA

A argumentista vimaranense Maria João Costa e a TVI foram as grandes vencedoras dos Emmy Awards de 2018, na categoria de novela, que a Academia de Artes e Ciências Televisivas dos Estados Unidos da América atribuiu em novembro passado, em Nova Iorque.
De facto, com a telenovela “Ouro Verde”, exibida entre janeiro e outubro de 2017, protagonizada por Diogo Morgado e Joana de Verona, a guionista vimaranense conseguiu derrotar as restantes três concorrentes apuradas: duas telenovelas turcas e uma mexicana.
Recorde-se que Maria João Costa tem atualmente em exibição na TVI uma outra telenovela de sua autoria, intitulada “Valor da Vida”, cuja ação decorre no Líbano, Brasil e Guimarães.
Acrescente-se que esta é a terceira vez que a televisão portuguesa conquista prémios nesta categoria, uma vez que em 2010 também venceria com a telenovela da TVI “Meu Amor” e no ano seguinte com “Laços de Sangue” da SIC.

ESTRELA MICHELIN PARA GUIMARÃES

Pela primeira vez, Guimarães conquista uma estrela Michelin! Não só a cidade, mas também o Chef vimaranense António Loureiro que regressou à sua cidade berço e aqui abriu o Restaurante “A Cozinha”, em 2016, no Largo do Serralho, localizado em pleno Centro Histórico de Guimarães.
O prémio, anunciado este mês de novembro no decurso da gala ibérica do Guia Michelin, prestigia a cidade e reconhece o restaurante e o chef vimaranense pela qualidade dos seus serviços gastronómicos, que esta reputada distinção mundial representa.

Texto
de
Álvaro Nunes





Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário