Novas do Gil
Pesquisa

NOTÍCIAS DO BURGO
Por Carla Manuela Mendes (Professora), em 2018/10/104 leram | 0 comentários | 0 gostam
Como nem só de trabalho vive o homem (e a mulher), uns bons momentos de diversão e cultura são também necessários como pão para a boca! E Guimarães tem muito para oferecer.
Assim, após a inauguração do Parque de Skate , sito ao Parque da Cidade, em meados de agosto, abriu agora aos ases do pedal (triciclos, pasteleiras e afins) a 1ª. fase da Ciclovia da Cidade. Deste modo, se tiveres pedalada para os 16,5 quilómetros do percurso, compreendido entre a Pista de Cicloturismo de Mesão Frio e a Veiga de Creixomil, é só meter a “bicla” a caminho e usufruir a paisagem, em especial na encosta da Penha. Verás que nada custa, pois, como diria Eça “a bicicleta é o único meio de transporte em que o burro puxa sentado”, e quem pedala por gosto não cansa …
Porém, se fores adepto de desportos menos radicais e cansativos, podes optar pelo jogo lúdico-pedagógico, online, “Eco Afonsinho”, recentemente lançado, que visa guiar o nosso infante a descobrir e a explorar ecologicamente a cidade berço. Um jogo inserido no Programa de Educação para a Sustentabilidade Ambiental de Guimarães (Pegadas), que tem por referência espaços e locais do burgo vimaranense, no qual terás de ajudar o Afonsinho a superar desafios ecológicos relacionados com a energia, gestão de resíduos e reciclagem.

Em alternativa, podes também inscrever-te nas Oficinas de Teatro Oficina (OTO) numa das três turmas em funcionamento: a Oficina de Iniciação, a Oficina de Criação (maiores de 12 anos) ou a Oficina Jovens (6 ao 12 anos). Teatro que passa também pela apresentação de “O Vigiante Noturno” , novo projeto teatral do Teatro da Didascália e pela Mostra de Amadores de Teatro – MAT’18 com 5 projetos a apresentar por grupos do concelho.
Em outubro regressa também “Do Avesso”, uma visita performativa aberta ao público, escolas e outras instituições, que são convidadas a descobrir os lugares secretos do Centro Cultural Vila Flor. Porém, o serviço de Educação e Mediação Cultural reserva ainda atividades como “Big Bang Boom”, uma oficina/performance de exploração plástica para a 1ª. infância e “O Meu Mundo”, um espetáculo de teatro, dança e ilustração, dirigido a crianças a partir dos 6 anos deidade.
Mas também, para em Pé de Dança, podes frequentar a Escola de Dança, com danças de salão (Escola Francisco de Holanda e 20 Arautos) ou danças afro-latinas (Fábrica Asa).

Quanto a espetáculos culturais e outros eventos Guimarães promete várias iniciativas em outubro. Logo a abrir, de 3 a 6 de outubro, ocorre a Receção ao Caloiro da Universidade do Minho, com o desfile da Latada nas ruas da cidade no primeiro dia, vários espetáculos no Multiusos e a fechar as Serenatas Velhas no Largo da Oliveira.
Mas também regressa o Guimarães Noc Noc, entre 5 e 7 de outubro, com muitos projetos performativos, concertos, exposições de artes plásticas, fotografia, vídeo e artesanato, bem como design, multimédia, teatro e dança. Ainda a 8ª. edição da iniciativa Ó da Casa com 60 horas de programação non-stop, proveniente de vários países e cerca de 30 localidades portuguesas.
Entretanto, em matérias artísticas, de destacar ainda a presença da artista vimaranense Teresa Almeida, professora da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) em duas conferências no museu Hermitage, em S. Petersburgo, no decurso do congresso ICOM-Glass, no qual abordará temas sobre o vitral e o vidro artístico nos museus portugueses. Recorde-se que a artista, estudantes e investigadores da FBAUP estiveram recentemente no Museu Alberto Sampaio com a exposição de arte moderna “Specularis - looking through”, no âmbito do design em vidro.

A fechar o mês, entre 20 e 28 de outubro, comemora-se também em Guimarães o Dia do Exército cujo patrono é D. Afonso Henriques, que tem como referência a tomada de Lisboa aos mouros em 24 de outubro de 1147. O programa, além de cerimónias militares variadas, contará com exposições, lançamento do livro “Palácios do Exército”, a atuação da Orquestra Ligeira do Exército e diversas outras iniciativas.
Mas, ao que consta, haverá também surpresas relacionadas com Infantaria nº. 20, o ex-regimento que esteve sediado em Guimarães.

Entretanto, decorre a Exposição Internacional Contextile 2018 e haverá também muito cinema (comercial e do Cine-Clube de Guimarães), futebol q.b. , música pela Orquestra de Guimarães , conferências e exposições variadas, como “Constelação Cutileiro “ e “José de Guimarães”, com obras inéditas que incluem maquetas de trabalhos públicos e obras em cartão. E até a novela “Valor da Vida”, na TVI, escrita pela vimaranense Maria João Costa e com ação parcial em Guimarães, Brasil e Líbano, que se prevê estrear em fins de setembro.

Bem, para mais detalhes, basta estar atento à agenda cultural de outubro, editada pela Câmara Municipal de Guimarães, pois a cidade mexe e está em alta!
BOM PROVEITO …

Texto de
Álvaro Nunes


Comentários

Escreva o seu Comentário